Homenagem ao grande nome da ciência antártica do Brasil, Prof Dr Antonio Carlos Rocha Campos

Homenagem ao Prof Dr. Antonio Carlos Rocha Campos de todos os Coordenadores de Mar e Antártica do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
por ASCOM - publicado 24/07/2019 10h05. Última modificação 24/07/2019 10h10.

Arquivo

Arquivo

Professor Antonio Carlos Rocha Campos

É com muito pesar que nós, Coordenadores de Mar e Antártica do MCTIC recebemos a notícia da passagem do querido Prof Dr Antonio Carlos Rocha Campos.

O Prof Rocha Campos é um ícone da pesquisa antártica no Brasil. Sem sua mão forte e argumentos contundentes, não teríamos avançado a nos tornar um dos países protagonistas na pesquisa antártica. A qualidade de seus achados, bem como sua força na formação da atual geração de pesquisadores antárticos, o elevou a uma categoria especial dentre os pesquisadores no País: o de formadores de opinião.

Com participação ativa nos fóruns nacionais antárticos, o Prof Rocha Campos nos auxiliou na árdua tarefa de explanar sobre a importância da Antártica para o Brasil. Assim, elevou a visibilidade do Programa Antártico Brasileiro – PROANTAR pela qualidade de sua ciência, obtendo sucesso na criação do único periódico nacional em pesquisa antártica - a Revista Antártica Brasileira, pela Academia Brasileira de Ciências – ABC.

Presidiu o Comitê Científico de Pesquisas Antárticas (“Scientific Committee on Antarctic Research – SCAR”), da União Científica Internacional, e posicionou o Brasil dentre as grandes nações científicas polares. Construiu o Seminário de Pesquisas Antárticas na USP, que carinhosamente chamávamos de “SPA do Rocha Campos”. Até os seus últimos anos de vida, fazia questão de destinar parte de seu tempo no trabalho de campo, orientando, fazendo crescer dentro de nossos jovens pesquisadores, o orgulho por fazer parte da família polar brasileira. Ele nos fará imensa falta e deixará uma lacuna em nosso PROANTAR.

Nos solidarizamos com a família e desejamos que o Prof Rocha Campos seja recebido com honras para seu descanso eterno e sensação de dever cumprido.

A nós, resta o luto de quem perde uma referência, um amigo, um parceiro, um irmão antártico, cuja trabalho continuará a nos guiar.

Querido Prof Rocha Campos, saudações antárticas e siga nos orientando para o avanço na pesquisa que o Brasil precisa.

Assinam:

Marilia Giovanetti de Albuquerque

Cordelia Machado

Janice Romaguera Trotte Duhá

Andrei Polejack

Voltar ao topo