SisNANO divulga resultado preliminar da segunda chamada pública para laboratórios

Iniciativa vai apoiar financeiramente 26 laboratórios de nanotecnologia e nanociências nas 5 Regiões do Brasil. Prazo para interpor recursos vai até 18 de novembro
por ASCOM - publicado 08/11/2019 19h41. Última modificação 12/11/2019 11h45.

Ascom/MCTIC

Ascom/MCTIC

SisNANO divulga resultado preliminar da segunda chamada pública para laboratórios

Foi publicado nesta sexta-feira (8), no Diário Oficial da União, o resultado preliminar da Chamada Pública CNPq/MCTIC 18/2019, a segunda fase do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias (SisNANO). Das 64 propostas submetidas, foram escolhidos 23 projetos de laboratórios de nanotecnologia e nanociência nas 5 regiões do Brasil, que vão receber um apoio de R$ 6 milhões de 2019 a 2023.

Criado em 2012, o SisNANO é um dos eixos da Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia (IBN). O objetivo é apoiar laboratórios direcionados à pesquisa, ao desenvolvimento e à inovação (PD&I) em nanociências e nanotecnologias, tendo como característica essencial o caráter multiusuário e de acesso aberto a instituições públicas e privadas, mediante submissão de propostas de projetos de PD&I ou de requisição de serviços.

Segundo o Secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC, Paulo Alvim, um dos pontos positivos do lançamento da Chamada do SisNANO foi o estimulo à articulação entre os laboratórios na área de nanotecnologia, bem como a mobilização dos laboratórios na busca de parceiros, públicos e privados, para fortalecer as propostas e para garantir outra fontes de fomento, incluindo recursos privados.

Dos 23 projetos aprovados, 8 estão na categoria Laboratórios Estratégicos, que são vinculados diretamente ao governo federal, 12 Laboratórios Associados, vinculados a universidades ou institutos de PD&I públicos ou privados, além de 3 Parceiros Estratégicos, laboratórios sem fins lucrativos. Os projetos escolhidos em todas as categorias devem disponibilizar uma parte de seu tempo de uso e estrutura a usuários externos.

O prazo para interposição de recursos ao edital vai até 18 de novembro. Confira o resultado preliminar aqui: http://resultado.cnpq.br/1548622631291569


Histórico

Esta é a segunda chamada do SisNANO. O primeiro edital, que durou entre 2013 e 2018, apoiou 26 laboratórios, que receberam recursos financeiros para melhorar a infraestrutura, garantir o custeio de materiais e a manutenção do corpo técnico- científico qualificado.

Com base nos resultados, a segunda chamada foi aprimorada no acompanhamento dos laboratórios e com foco na promoção da inovação e aumento da interação com o setor produtivo, de forma alinhada ao Plano de Ação de CT&I para Tecnologias Convergentes e Habilitadoras – Nanotecnologia – 2018-2022 e à Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação - ENCTI 2016-2022.

A chamada prevê o aporte de R$ 6 milhões de 2019 a 2023, porém recursos adicionais poderão ser aportados tanto pelo MCTIC quanto por parceiros externos. Além disso, recursos já disponíveis (aproximadamente R$ 11 milhões) no âmbito do Programa Sibratec (Sistema Brasileiro de Tecnologia) estão destinados a apoiar projetos de cooperação entre empresas e os laboratórios do SisNANO.

 

Voltar ao topo