Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas comemora 15 anos de criação

Ferramenta oferece gratuitamente quase 34 mil respostas e dossiês técnicos que ajudam micro e pequenas empresas a melhorar o desempenho de seus produtos e negócios
por ASCOM - publicado 29/11/2019 09h31. Última modificação 29/11/2019 10h33.

CGCS/MCTIC

CGCS/MCTIC

Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas comemora 15 anos de criação

O Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas (SBRT) celebrou nesta quinta-feira (27), em Brasília, 15 anos de criação.  A ferramenta, formada por uma rede de universidades, centros de pesquisa e inovação, fornece gratuitamente informações tecnológicas que apoiam a melhoria de produtos e processos de micro e pequenas empresas. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) homenageou as instituições que fazem parte do sistema, além dos usuários, microempresários de diferentes ramos da economia.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, cumprimentou os servidores e instituições que atuam no SBRT. “A real finalidade de um ministério como esse é reduzir o gap entre produção de conhecimento e produção de inovação. Ciência e tecnologia são cheios de notícias boas para ajudar na produção de conhecimento, geração de riquezas e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Parabéns pelo trabalho que vocês fazem pelo Brasil e pelas empresas do país”, disse.

O secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC, Paulo Alvim, disse que o SBRT proporcionou um canal de diálogo com as micro e pequenas empresas. “Para o ministério foi uma oportunidade de maior interação com o setor produtivo. A gente tinha o topo do setor produtivo e pudemos atender empreendedores em coisas simples, que fazem a diferença para o sucesso de uma empresa. Com certeza, esses empreendedores jamais seriam atendidos se não fosse a modelagem e a forma de atuação do SBRT”, afirmou.

Já a diretora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), Cecília Leite, ressaltou a parceria entre governo, academia, cidadãos e setor produtivo. “Você junta o governo, setor produtivo e cidadão, fazendo com que se gere conhecimento, riqueza e construa uma qualidade de vida melhor para os brasileiros. Para o Ibict, tudo isso está dentro da sua missão”, destacou.

Para o presidente da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro (RedeTec), Jorge Ávila, a ferramenta representa uma forma de transferência de conhecimento entre universidades e empresas. “Eu acho que essa é uma das iniciativas de rede mais bem sucedidas do país. Durante muito tempo, a gente não havia desenvolvido, como outros países, um sistema fluido de transferência de conhecimento entre as universidades, institutos de pesquisa e as empresas. Essa lacuna, o SBRT vem suprindo com êxito”, pontuou.

 

SBRT

Criado em 2004 pelo então Ministério da Ciência e Tecnologia, o SBRT fornece em seu site www.respostatecnica.org.br um banco de dados com quase 34 mil respostas e dossiês técnicos voltados à competitividade de produtos, diversificação, eficiência, padrões de qualidade, entre outros. Os documentos são produzidos a partir de perguntas realizadas pelos usuários da plataforma.

Para atender às demandas os usuários, formou-se uma rede de cooperação entre onze instituições que atendem a todo Brasil, oito delas realizam o atendimento das demandas e elaboram as respostas técnicas para os clientes. As outras três apoiam a operacionalização e manutenção do serviço.

Instituições da rede:

  •          Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (CETEC);
  •          Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR);
  •          Instituto Euvaldo Lodi- Núcleo Regional da Bahia/Rede de Tecnologia da Bahia (RETEC);
  •          Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro (REDETEC);
  •          Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amazonas (SENAI AM);
  •          Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (SENAI RS);
  •          Universidade de Brasília - Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (UnB/CDT);
  •          Universidade de São Paulo/Agência USP de Inovação- Disque Tecnologia (USP/DT);

 

As instituições de apoio são:

  •          Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT
  •          Ministério da Ciência e Tecnologia Inovações e Comunicações – MCTIC
  •          Serviço Brasileiro de Apoio ao Micro e Pequeno Empresário - SEBRAE

Voltar ao topo