Adesão de São Paulo ao Rastro servirá de exemplo para outras cidades, diz ministro

Cerimônia de assinatura aconteceu nesta sexta-feira (5), na capital paulista.
por ASCOM - publicado 05/10/2018 16h27. Última modificação 08/10/2018 10h13.

null

null

Rastro trará benefícios para as cidades do país, acredita o ministro Kassab. Foto: Ascom/MCTIC

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, participou nesta sexta-feira (5) da assinatura de um protocolo para a adesão da cidade de São Paulo ao programa Rastro, sistema de identificação, rastreamento e autenticação de mercadorias idealizado pelo governo federal. A cerimônia foi conduzido ao lado do prefeito Bruno Covas.

Para Kassab, a adesão da cidade ao Rastro será um exemplo a ser seguido por outras cidades brasileiras. “São Paulo será um exemplo e um incentivo para que as demais cidades brasileiras participem do programa Rastro. A adesão da Prefeitura de São Paulo representará um passo importante para se atingir os objetivos dessa iniciativa, considerando o fato de ser esta a maior cidade do país”, afirmou,

O Rastro foi criado para articular e integrar todas as políticas de rastreamento do país, por meio de um sistema de gestão integrada de identificação, planejamento e controle. As aplicações abrangem áreas como transporte, logística, saúde e segurança. Entre os benefícios previstos estão a redução de custos com atividades de logística; aperfeiçoamento do controle do trânsito e de mercadorias nas fronteiras e rodovias brasileiras; integração dos sistemas de segurança pública e incremento da arrecadação tributária.

“Vamos melhorar a segurança da cidade, além de reduzir roubos, furtos e custos. A população também vai sentir lá na ponta a melhora, graças a essa integração de sistemas”, destacou o prefeito Bruno Covas.

Com a cooperação firmada com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) – agente financeiro do programa – a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte vai contribuir com dados para o sistema do Rastro que está em desenvolvimento.

Voltar ao topo