Correios lança selo em prol dos direitos dos animais em cerimônia no Senado

Chamado “Defesa Animal”, timbre estará disponível para comercialização a partir desta segunda-feira (19).
por ASCOM - publicado 16/03/2018 18h04. Última modificação 17/05/2019 16h57.
Correios lança selo em prol dos direitos dos animais em cerimônia no Senado

Ministro Gilberto Kassab, acompanhou o lançamento do selo especial “Defesa Animal”. Foto: Ascom/MCTIC

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, acompanhou o lançamento, nesta sexta-feira (16), do selo especial “Defesa Animal”, em homenagem ao movimento que luta pela proteção aos animais no Brasil e no mundo. A solenidade no Senado Federal contou com a presença do presidente da empresa pública, Guilherme Campos, e do vice-presidente de Finanças, Carlos Fortner, além de senadores, deputados federais e representantes de organizações da sociedade civil.

A arte do selo apresenta um cachorro e um gato para representar a fauna e os animais silvestres brasileiros. Estas espécies, ambas Sem Raça Definida (SRD), foram escolhidas por serem as mais comuns no convívio doméstico.

A ilustração é das artistas Carolina Spina e Marcela Tenório, que utilizaram técnicas em tinta aquarela e computação gráfica. O valor unitário da emissão é de R$ 1,85. Os selos estarão à venda nas agências dos Correios do país a partir de segunda-feira (19) e na loja virtual dos Correios.

“O novo selo mostra um cachorro e um gato, mas extrapola o animal doméstico e perpassa pelo respeito a todos os animais”, afirmou Campos. “Nos nossos centros de triagem, os trabalhadores dos Correios atuam no dia a dia identificando tráfico de animais dentro do Brasil e também para o exterior. Isso que estamos fazendo hoje vai para história filatélica dos Correios e do mundo, por mais que esteja em desuso a atividade postal. A atividade filatélica, no entanto, continua muito viva em todos os países”, afirmou Campos.

O presidente dos Correios defendeu ainda uma política nacional de proteção e controle dos animais, mas salientou que a população também precisa se conscientizar dos problemas como o abandono e o controle de natalidade de pets domésticos. Para Guilherme Campos, a principal mensagem do selo “Defesa Animal” é representar os sentimentos de acolhimento e proteção dos animais domésticos.

“O animal doméstico muitas vezes perpassa por um problema de saúde pública, principalmente no interior do Brasil, onde vemos cães e gatos soltos na rua sem qualquer atenção e sem políticas de controle de procriação. De nada adianta uma política nacional de controle animal se não houver a conscientização também da população e dos gestores regionais”, disse.

Durante a solenidade, representantes de diversas ONGs e instituições de proteção animal espalhadas pelo país receberam um álbum com a cartela do novo selo. Para a fundadora da Federação de Proteção Animal de Pernambuco, Goretti Queiroz, a iniciativa honra a dedicação dos profissionais da causa animal.

“Esse selo representa todos os animais e os esforços de proteção animal. Enquanto defensores, nós temos o objetivo de lutar na construção de uma realidade justa e ética para com os animais. Animais não humanos não são coisas e merecem respeito”, afirmou. De acordo com ela, existem no Brasil hoje 100 milhões de cães e gatos, dos quais 30 milhões encontram-se nas ruas abandonados”, destacou.

Voltar ao topo