Maioria dos domicílios do Rio de Janeiro está pronta para receber o sinal digital

por ASCOM - publicado 28/08/2017 15h02. Última modificação 28/08/2017 15h05.
Maioria dos domicílios do Rio de Janeiro está pronta para receber o sinal digital

Sinal analógico de TV será desligado no Rio de Janeiro e Vitória em outubro. Foto: Reprodução da Internet

Uma pesquisa realizada pelo Ibope mostra que 79% dos domicílios do Rio de Janeiro (RJ) e 83% de Vitória (ES), além de cidades próximas das duas capitais, já estão preparados para receber o sinal de TV digital. O desligamento do sinal analógico da TV aberta nos dois agrupamentos de municípios está previsto para 25 de outubro. O resultado do levantamento foi apresentado durante reunião do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) nesta segunda-feira (28), na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A pesquisa do Ibope, realizada cerca de 60 dias antes do desligamento da TV analógica nas capitais e entorno, busca aferir o índice de residências aptas a ter acesso ao sinal digital em seus aparelhos de TV. Para ocorrer a transição para TV digital, uma portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) estabelece o índice mínimo de 93% dos lares com acesso ao sinal digital, com margem de erro de três pontos percentuais.

O levantamento no estado Rio de Janeiro mostrou que o acesso ao sinal digital nos domicílios da capital (85%) atualmente é superior ao das outras cidades do entorno (70%). A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 21 de agosto nas 19 cidades onde ocorrerá o desligamento do sinal analógico em outubro: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

No Espírito Santo, a situação se repete. O índice de digitalização é de 89% na capital Vitória e de 82% nas residências das outras 6 cidades do agrupamento: Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. 

Salvador e Fortaleza

Durante a reunião do Gired, a Seja Digital apresentou um balanço sobre a distribuição de kits de TV digital em Fortaleza, Juazeiro e Sobral (CE) e também em Salvador (BA), as próximas cidades onde vai ocorrer o desligamento, no dia 27 de setembro. Faltando um mês para o fim das transmissões analógicas nesses municípios e entorno, cerca de 80% dos kits previstos já foram distribuídos para a população. Os equipamentos são entregues gratuitamente para famílias cadastradas em programas sociais do governo federal.

A partir do desligamento do sinal analógico de TV, a programação das emissoras fica disponível somente no formato digital, mas os canais abertos devem apresentar na tela, durante 30 dias, cartelas informativas ao telespectador sobre a mudança.

O sistema digital de TV permite à população receber a programação com melhor qualidade de imagem e som, sem interferências como chuviscos ou fantasmas. As vantagens do sinal digital incluem ainda a possibilidade de assistir TV em dispositivos móveis; a multiprogramação, que comporta a transmissão de diferentes programações em um mesmo canal; e a possibilidade de interatividade por meio do Ginga, o middleware nacional para a troca de dados diretamente pelo televisor.

Voltar ao topo