Mecanismo Tecnológico da Convenção do Clima

O que é?

O Mecanismo de Tecnologia foi estabelecido pelo Acordo de Cancun em dezembro de 2010 com o intuito de promover uma abordagem mais dinâmica para a transferência de tecnologia à luz da Convenção sobre Mudança do Clima. Assim, estabeleceu-se que o Mecanismo de Tecnologia deveria atuar na promoção de parcerias público-privadas; promover a inovação; catalisar o uso de rotas tecnológicas e de planos de ação; responder às solicitações dos países Partes em desenvolvimento em assuntos relacionados à transferência de tecnologia; e facilitar atividades conjuntas de Pesquisa e Desenvolvimento.

O Mecanismo de Tecnologia tornou-se totalmente operacional em 2012 e é composto pelo Comitê Executivo de Tecnologia (TEC) e pelo Centro e Rede de Tecnologia Climática (CTCN).

O TEC é o braço político do Mecanismo de Tecnologia. Centra-se na identificação de políticas voltadas a acelerar o desenvolvimento e transferência de tecnologias ambientalmente amigáveis. Trabalha em estreita colaboração com o CTCN para abordar problemas de desenvolvimento e transferência de tecnologia climática. O TEC é composto por 20 especialistas em tecnologia que representam países desenvolvidos e em desenvolvimento. Reúne-se pelo menos duas vezes por ano e realiza eventos para abordar questões de políticas relacionadas às tecnologias de clima. Atualmente as áreas de foco do TEC são:

  • Tecnologias de adaptação à mudança do clima;
  • Financiamento tecnológico climático;
  • Inovação, pesquisa, desenvolvimento, e demonstração tecnológica;
  • Tecnologias de mitigação; e
  • Avaliação de necessidades tecnológicas.

O CTCN é o braço operacional do Mecanismo de Tecnologia, responsável por sua implementação. Tem por missão estimular a cooperação tecnológica e melhorar o desenvolvimento e a transferência de tecnologias para os países em desenvolvimento. É orientado por um conselho consultivo, que se reúne pelo menos duas vezes por ano.

 

Arquivo

Voltar ao topo